Água de ovo cozido: O segredo que ninguém te contou até agora

Ovos cozidos são iguarias deliciosas e muitas pessoas optam por consumir este alimento dessa forma devido à sua praticidade de preparo. Porém, o que muita gente não sabe é que a água oriunda deste processo possui nada mais que benefícios extraordinários!

Normalmente, o líquido é simplesmente descartado, mas tal solução conta com nutrientes valiosíssimos que podem ser reaproveitados para o preparo de uma solução realmente poderosa. Hoje, você conhecerá mais sobre esse assunto e aprender a utilizar essa incrível descoberta a seu favor.

Continua após a publicidade..

Afinal, o que a água do ovo cozido tem de tão especial?

Fonte: Klaus Nielsen / Pexels

Sempre que preparamos ovos cozidos, uma parcela das vitaminas e demais nutrientes contidos na casca e clara acabam sendo liberados na água. Graças a isso, o líquido torna-se uma solução com altos índices de cálcio, potássio e outros itens excepcionalmente benéficos para as plantas.

Dessa forma, tal insumo pode ser de grande ajuda para deixar o seu jardim muito mais forte e bonito. Logo, esse processo de reutilização não agride o meio ambiente, pois se trata de algo 100% natural. Vejamos então como colocar essa dica em prática mais detalhadamente:

  1. Cozinhe os alimentos e separe a água advinda do processo em outro recipiente;
  2. Espere a mistura esfriar pacientemente, lembrando que calor pode danificar as raízes dos vegetais;
  3. Efetue a rega das suas plantas em seguida, certificando-se que o preparado está numa temperatura ideal.

Por fim, esse truque pode ser usado uma vez por semana ou também a cada duas semanas. Essa frequência dependerá muito da necessidade do seu jardim e isso pode ser algo muito variável. Então, procure observar como os seus espécimes reagem à adição deste “elixir” e se necessário realize ajustes na frequência das regas.

Em pouco tempo você perceberá que os minerais presentes na casca do ovo estão fazendo maravilhas na terra. Essa substância ajuda inclusive a prevenir problemas nutricionais que costumam afetar a produção de frutos e flores, estimulando assim tanto a floração quanto a frutificação.

Fonte: Capitalist

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *