Alepi aprova Política Estadual de Hidrogênio Verde

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou nesta terça-feira (09) o projeto que cria a Política Estadual de Hidrogênio Verde. A matéria, de autoria do deputado Fábio Novo (PT), já havia tramitado anteriormente nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Defesa do Consumidor e do Meio Ambiente (CDCMA), onde foi discutida a importância do tema.

O relator do projeto na CCJ, deputado Francisco Limma (PT), apresentou emendas que destacam a necessidade de os empreendimentos se comprometerem com a gestão dos riscos das matrizes industriais. Para o parlamentar, o hidrogênio verde é um tema de grande relevância que necessita de uma discussão mais aprofundada, incluindo aspectos como o uso da água, gestão de resíduos e segurança para as comunidades impactadas.

Continua após a publicidade..

“Tem algumas questões que eu acho que carecem de um aprofundamento maior e que a gente vai precisar tratar sobre essa questão do Hidrogênio Verde. Ela é importante, ela é atual e é um projeto bem oportuno nesse momento, mas que a gente vai precisar aprofundar”, defendeu o relator.

O deputado Fábio Novo reconheceu a validade dessas questões, mas enfatizou a necessidade de garantir segurança jurídica para que os empreendimentos possam se instalar no Piauí. Segundo ele, isso é crucial para que o estado não fique atrás dos demais.

“Os cearenses, com todo respeito, são muito espertos e sábios. Eles rapidamente aprovaram sua lei e, por isso, estão se beneficiando com as normas gerais aprovadas lá, o que lhes permitiu avançar nessa área. Precisamos ter normas gerais aqui e, se no futuro o Congresso Nacional fizer alguma modificação, poderemos fazer adaptações”, explicou o parlamentar.

Foto: Reprodução/CCom

cidade verde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *