Carlos Augusto retira pré-candidatura a prefeito: “Não será nessa eleição”

O secretário Carlos Augusto (MDB), secretário de Justiça, retirou a sua pré-candidatura a prefeito de Teresina. Segundo ele, estão nos planos para os próximos anos seguir à frente da gestão do sistema penal do Piauí, no secretariado do governador Rafael Fonteles (PT).

“Agradeço o MDB, só disputei duas eleições na minha vida, tive 12 mil votos em Teresina, fui sempre bem votado, seria uma honra ser prefeito de Teresina. Mas, não serei candidato. Eu sou um homem de missão e meu chamado foi do governador Rafael Fonteles, pois temos muito a fazer e acho que temos muito a fazer pelos sistema penal. Será algo muito mais para frente, não vai ser nessa eleição. Vamos apoiar outro candidato, o governador, que pensa na possibilidade de estarmos unificados, e meus eleitores, estarei com a decisão que o MDB tomar”, declarou.

Continua após a publicidade..

Agora, no MDB há o deputado Henrique Pires (MDB), bem como o médico Paulo Márcio como possíveis nomes do partido para encabeçar uma chapa majoritária nas eleições de 2024.

Paula Sampaio
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *