Colesterol alto pode causar infarto e AVC; veja como mantê-lo saudável

Especialistas afirmam que o colesterol alto é um vilão silencioso e um dos fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC. Segundo o Ministério da Saúde, essas doenças são a primeira causa de mortalidade no mundo e no Brasil, com 300 mil mortes anuais. Cerca de 40% da população brasileira tem o colesterol elevado.

Para chamar atenção ao problema e para a importância da prevenção, nesta terça-feira (8) é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Colesterol.

Continua após a publicidade..

De acordo com o cardiologista Everton Dombeck, é fundamental entender os perigos associados ao colesterol e como ele afeta diretamente o coração. “O colesterol é uma substância encontrada naturalmente no corpo humano e é essencial para o funcionamento adequado das células, para produção de hormônios e síntese de vitamina D, mas quando seus níveis ultrapassam os limites saudáveis, tornam-se uma ameaça ao sistema cardiovascular”, explica Dombeck.

Existem dois principais tipos de colesterol: o LDL (lipoproteína de baixa densidade) e o HDL (lipoproteína de alta densidade). O HDL é considerado o “bom colesterol”, pois ajuda a remover o excesso de gordura das artérias, reduzindo o risco de problemas cardiovasculares. O LDL é conhecido como “mau colesterol”, pois seu excesso pode levar ao acúmulo de placas nas paredes das artérias, obstruindo o fluxo sanguíneo e aumentando o risco de doenças cardíacas.

O acúmulo de colesterol LDL nas artérias pode levar à aterosclerose (formação de placas de gordura), que pode bloquear o fluxo de sangue para o coração, causando um ataque cardíaco e até um acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como derrame.

Uma dieta rica em gorduras, sedentarismo, tabagismo, histórico familiar de doenças cardíacas e obesidade aumentam o risco de elevar os índices de colesterol. Por isso, a importância de realizar exames regulares.

Mantenha o colesterol em níveis saudáveis

-Adote uma Dieta Saudável, com alimentos ricos em fibras, como frutas, vegetais, grãos integrais e legumes

-Opte por gorduras saudáveis, como as encontradas em peixes, abacate, azeite de oliva e oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas), que ajudam a aumentar o “bom colesterol” (HDL).

-Pratique atividades físicas, como caminhadas, corridas, ciclismo e natação, que ajudam a aumentar o colesterol HDL e a reduzir o colesterol LDL.

-Não fume. O tabagismo diminui o colesterol HDL e aumenta o colesterol LDL, além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Reduza o consumo de álcool.

-Reduza o consumo de açúcar e de carboidratos refinados, como pães brancos e massas.

-Contenha o estresse, pratique técnicas de relaxamento, como meditação, ioga ou atividades que lhe tragam prazer.

Consulte seu médico regularmente e faça exames de rotina, para medir os níveis de colesterol e avaliar seu perfil lipídico. Isso permitirá a detecção precoce de problemas.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *