Conheça as 20 empresas mais valiosas do Nordeste

Nordeste brasileiro, conhecido por sua rica cultura e paisagens deslumbrantes, também tem começado a se destacar pelo seu potencial econômico. A região é lar de algumas das empresas mais valiosas do país. Com base no Ranking Valor 1000, promovido pelo renomado jornal Valor Econômico, o MeioNorte catalogou as 20 empresas mais valiosas da região, os dados são referentes ao ano de 2021. As empresas listadas abrangem diversos setores-chave, demonstrando a diversidade e força do panorama empresarial nordestino.

No topo do ranking regional encontra-se a Braskem, sediada na Bahia, atuante no setor de Química e Petroquímica, com uma impressionante receita líquida de R$ 105,625 bilhões. A Suzano, também sediada na Bahia e especializada no setor de papel e celulose, conquistou o segundo lugar no Nordeste com uma receita líquida de R$ 40,965 bilhões.

Continua após a publicidade..

Outra empresa destacada é a Equatorial Energia, baseada no Maranhão, que lidera o setor de Energia Elétrica na região, com uma receita líquida de R$ 24,240 bilhões. O Grupo Mateus, também do Maranhão, é um grande nome no comércio varejista, alcançando a quarta posição com uma receita líquida de R$ 15,876 bilhões.

O cenário de petróleo e gás é representado pela ALE Combustíveis, do Rio Grande do Norte, que ocupa a quinta posição com uma receita líquida de R$ 14,166 bilhões, e pela Refinaria de Mataripe, localizada na Bahia, com uma receita líquida de R$ 11,234 bilhões.

Empresas do setor de comércio varejista também marcam presença, como a CENCOSUD de Sergipe, na sétima posição, com receita líquida de R$ 8,148 bilhões, e a Farmácia Pague Menos, sediada no Ceará, ocupando a nona posição com uma receita líquida de R$ 7,528 bilhões.

Os setores de alimentos e bebidas estão bem representados por empresas como M. Dias Branco e Grupo Três Corações, ambas do Ceará, com receitas líquidas de R$ 7,814 bilhões e R$ 5,681 bilhões, respectivamente. A Solar Coca-Cola, também do Ceará, apresenta um patrimônio líquido impressionante de R$ 5,612 bilhões.

Outras empresas notáveis incluem a Guararapes, indústria da moda do Rio Grande do Norte; a Larco, atuante em petróleo e gás, sediada na Bahia; a TT Work, que atua no setor de petróleo e gás em Pernambuco; o Grupo Aço Cearense, da área de Metalurgia e Siderurgia no Ceará; a CIBRA e a PARANAPANEMA, ambas na Bahia e atuantes na área de Química e Metalurgia, respectivamente.

A EMBASA, com foco em Água, Saneamento e Serviços Ambientais na Bahia, e a PETROBAHIA, do setor de Petróleo e Gás, também figuram entre as empresas mais valiosas da região.

Ranking Valor 1000 é um testemunho da força econômica do Brasil, apresentando um conjunto diversificado de empresas que desempenham um papel fundamental no desenvolvimento e crescimento nacional. O sucesso dessas empresas é um reflexo do espírito empreendedor e da determinação em construir um futuro próspero.

Confira a lista das 20 mais valiosas do Nordeste: 

  1. Braskem (BA) Setor: Química e Petroquímica Receita Líquida: R$ 105,625 bilhões

    Suzano (BA) Setor: Papel e Celulose Receita Líquida: R$ 40,965 bilhões

    Equatorial Energia (MA) Setor: Energia Elétrica Receita Líquida: R$ 24,240 bilhões

    Grupo Mateus (MA) Setor: Comércio Varejista Receita Líquida: R$ 15,876 bilhões

    ALE Combustíveis (RN) Setor: Petróleo e Gás Receita Líquida: R$ 14,166 bilhões

    Refinaria de Mataripe (BA) Setor: Petróleo e Gás Receita Líquida: R$ 11,234 bilhões

    cENCOSUD (SE) Setor: Comércio Varejista Receita Líquida: R$ 8,148 bilhões

    M. Dias Branco (CE) Setor: Alimentos e Bebidas Receita Líquida: R$ 7,814 bilhões

    Farmácia Pague Menos (CE) Setor: Comércio Varejista Receita Líquida: R$ 7,528 bilhões

    GUARARAPES (RN) Setor: Indústria da Moda Receita Líquida: R$ 7,221 bilhões

    LARCO (BA) Setor: Petróleo e Gás Receita Líquida: R$ 7,217 bilhões

    GRUPO TRÊS CORAÇÕES (CE) Setor: Alimentos e Bebidas Receita Líquida: R$ 5,681 bilhões

    SOLAR COCA-COLA (CE) Setor: Alimentos e Bebidas Patrimônio Líquido: R$ 5,612 bilhões

    TT WORK (PE) Setor: Petróleo e Gás Receita Líquida: R$ 5,491 bilhões

    GRUPO AÇO CEARENSE (CE) Setor: Metalurgia e Siderurgia Receita Líquida: R$ 5,385 bilhões

    CIBRA (BA) Setor: Química e Petroquímica Receita Líquida: R$ 4,762 bilhões

    PARANAPANEMA (BA) Setor: Metalurgia e Siderurgia Receita Líquida: R$ 4,715 bilhões

    EMBASA (BA) Setor: Água, Saneamento e Serviços Ambientais Receita: R$ 4,083 bilhões

    PETROBAHIA (BA) Setor: Petróleo e Gás Receita Líquida: R$ 4,040 bilhões

    SUMITOMO CHEMICAL (CE) Setor: Química e Petroquímica Receita Líquida: R$ 3,087 bilhões

meio norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *