Estudantes não terão prejuízo de carga horária, afirma pró-reitor do IFPI

Em entrevista ao Notícia da Manhã, o pró-reitor do Instituto Federal do Piauí (IFPI), Odimógenes Soares, afirmou que os alunos não terão prejuízo na carga horária dos cursos após a greve dos servidores da instituição, que durou cerca de 80 dias.

“O prejuízo em termos de carga horária e dias letivos não vai existir. É um compromisso da instituição garantir o cumprimento dos 200 dias letivos e das cargas horárias previstas nos planos de curso. Obviamente, em termos de tempo, haverá um deslocamento; teremos algumas aulas em dias que normalmente não seriam letivos, como sábado, por exemplo. Mas queremos tranquilizar a comunidade acadêmica e os estudantes de que todos os dias letivos e toda a carga horária prevista nos PPCs dos cursos serão integralmente cumpridos a partir de agora, com o retorno dos servidores às atividades,” pontuou Soares.

Continua após a publicidade..

Odimógenes Soares afirmou ainda que cada campus será responsável pelo novo calendário acadêmico, que deve ser enviado à reitoria do IFPI para análise e aprovação.

“O nosso calendário não é unificado e cada campus tem o seu calendário. Muitos campi estão voltando hoje, dia 04, e alguns voltam na segunda-feira. Esse retorno também não é unificado em cada campus. Nós orientamos que eles retornassem e abrissem uma discussão com a comunidade para readequar o calendário. Demos 15 dias para que os campi façam essa discussão e nos apresentem o calendário, para que possamos fazer uma avaliação e encaminhá-lo ao Conselho Superior, que é de fato quem aprova o calendário acadêmico,” finalizou.

cidade verde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *