Flamengo demite Pablo Fernández, preparador físico que agrediu Pedro

No domingo (30/07), o Flamengo tomou a decisão de demitir Pablo Fernández, preparador físico que agrediu o atacante Pedro com um soco no rosto dentro do vestiário da Arena Independência, em Belo Horizonte, logo após a vitória por 2 a 1 contra o Atlético-MG. A diretoria do clube ainda planeja uma reunião com Jorge Sampaoli para discutir o futuro do treinador.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Continua após a publicidade..

Após a partida, Pedro registrou uma queixa na polícia de Minas Gerais sobre o incidente de agressão. Ele prestou depoimento relatando o ocorrido envolvendo o preparador físico Pablo Fernández, que desferiu o soco contra o centroavante. No entanto, o argentino não foi preso.

Por volta das 1h10, Pedro foi escoltado por seguranças do Flamengo e se dirigiu ao Batalhão da Rotam (Rondas Táticas Metropolitanas da Polícia Militar) em uma van, acompanhado por Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, e um advogado. Paralelamente, Pablo Fernández também compareceu ao local em outro veículo para dar a sua versão dos acontecimentos.

O clima já apontava para uma saída do preparador físico mesmo antes da delegação retornar ao Rio de Janeiro. Pablo permaneceu em Belo Horizonte para prestar depoimento na delegacia, assim como Pedro, que também passou por um exame de corpo de delito para registrar o caso. Durante a manhã, o preparador físico chegou ao Rio de Janeiro e preferiu se manter em silêncio até que um pronunciamento oficial fosse emitido.

Em um desabafo emocional nas redes sociais, Pedro compartilhou seus sentimentos e experiências relacionadas à agressão que sofreu. Em solidariedade ao companheiro agredido, o elenco do clube carioca anunciou que não participaria dos treinos até que o preparador físico argentino fosse demitido.

Pablo Fernández pediu desculpas a Pedro e expressou o desejo de resolver as questões com o jogador. Ele admitiu ter reagido da pior forma diante da situação. O vice de futebol, Marcos Braz, e o diretor, Bruno Spindel, têm agendada uma reunião com Jorge Sampaoli. Além disso, o presidente Rodolfo Landim, mesmo estando de férias em Miami, está ativamente envolvido nas decisões, mantendo contato constante com os dirigentes por telefone.

180

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *