Gabigol é denunciado após apontar ‘roubo’ em queda do Flamengo na Libertadores

Após o atacante Gabigol, do Flamengo, afirmar à ESPN que houve um “roubo muito grande” na eliminação da equipe na Libertadores, a Conmebol reagiu e abriu uma investigação contra o jogador.

A entidade denunciou o artilheiro no artigo 19 do Código Disciplinar. O item trata sobre manipulação de partidas ou competições, mas não está expressa a extensão da punição em casos como o do jogador rubro-negro.

Continua após a publicidade..

“É ruim falar porque, quando perde, parece que você está chorando. Mas o juiz inverteu faltas, expulsou nosso treinador, a Conmebol é aqui do lado. São muitas coisas que acontecem na Libertadores e vocês sabem, porque estão aqui fora do campo. Faltas investidas, falta no Wesley no 3° gol. Falar sobre isso parece que é choro. Acho que foram muitos erros nossos, mas creio eu que foi um roubo muito grande”.

O UOL apurou que a alta cúpula da Conmebol ficou bastante incomodada com a declaração de Gabigol, mas que o caso será analisado apenas pelos órgãos competentes.

A entidade não entendeu a declaração porque não sabe a que o atacante se refere já que não aponta nada. E a visão entre os cartolas é que essa fala afeta toda a competição que o próprio Flamengo ganhou duas vezes nos últimos anos.

Ou seja, não se compreende na Conmebol que Gabigol alegue roubo quando perde, mas que considere legítima a Libertadores quando ganha.

Fonte: RODRIGO MATTOS, Folhapress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *