Governador conhece projeto que pretende tornar o Piauí o 2º maior produtor de níquel do Brasil

O governador Rafael Fonteles se reuniu, nesta segunda-feira (07/08), com diretores da Piauí Níquel Metais (PNM), empresa que produz cerca de 600 toneladas de níquel por mês, no município de Capitão Gervásio Oliveira. No encontro, a empresa apresentou o seu projeto de construção de uma nova unidade para produção de 25 mil toneladas anuais do elemento, a partir de 2026, além de 800 toneladas de cobalto, a partir de 2027.

Atualmente, a empresa conta com mais de 400 trabalhadores, sendo 83% deles piauienses. Com previsão de investimentos na casa dos R$ 6 bilhões nos próximos anos, a PNM promete gerar mais de 2.000 empregos diretos, apenas durante a fase de construção da nova unidade, além de 800 novos colaboradores durante a sua fase de operação.

Continua após a publicidade..

Segundo Rafael Fonteles, o Governo do Estado irá contribuir com o desenvolvimento da empresa e com o aumento de sua produção no Piauí. “Isso vai mudar a realidade daquela região e colocar o Piauí no circuito da mineração moderna, tudo de maneira sustentável. Uma série de demandas e protocolos estão sendo vistos por todas as secretarias, de forma que possamos contribuir com esse crescimento e o povo do Piauí seja o principal beneficiado, com mais empregos e renda”, destacou o governador.

O presidente da Piauí Níquel Metais, Guilherme Jácome, destacou a importância da parceria com o Governo do Estado. “Contamos com o apoio do governador e de toda a sua equipe para prepararmos a região para a construção de um projeto muito maior de produção de níquel, que colocará o Piauí como o segundo maior produtor desse elemento no Brasil”, frisou.

Segundo a prefeita de Capitão Gervásio Oliveira, Gabriela Coelho, o município está sendo preparado para receber o grande projeto. “Estamos unidos – Prefeitura Municipal, Governo do Estado e Piauí Níquel Metais – em prol do melhor para o nosso município e para o estado. Esse empreendimento é muito importante para a nossa região, gerando empregos e trazendo desenvolvimento. Diante disso, a reunião foi para discutir alguns eixos em que há a necessidade de melhorias, de forma a estarmos preparados para esse projeto”, finalizou a gestora.

Fonte: Governo do Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *