IBGE prepara concurso com 895 vagas para várias áreas; veja as profissões

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) afirmou nesta terça-feira (18) que a abertura do concurso público com 895 vagas, anunciada pelo governo federal, será “essencial” para a garantia do seu plano de trabalho regular.

Segundo o órgão de pesquisas, as oportunidades devem envolver profissionais de “várias áreas”, incluindo estatísticos, demógrafos, economistas, sociólogos, geógrafos, especialistas em tecnologia da informação e geoprocessamento, entre outros.

Continua após a publicidade..

Essa lista de profissões consta em um ofício divulgado pelo IBGE nas redes sociais. O texto, segundo o instituto, foi encaminhado para os ministérios da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos e do Planejamento e Orçamento como forma de “agradecimento” pela autorização do concurso.

O comunicado é assinado pelo presidente interino do IBGE, Cimar Azeredo. “O último concurso para quadro efetivo foi realizado em 2015 e, desde então, o IBGE vem enfrentando progressiva redução do seu quantitativo de funcionários”, segundo o texto.

“A fim de que a instituição possa ampliar e modernizar sua produção de informações geográficas e estatísticas é fundamental manter a perspectiva de novos concursos”, acrescenta.

O IBGE ainda não divulgou detalhes sobre as vagas, os salários e o cronograma da seleção. O órgão informou que, assim que a publicação da autorização for efetivada pelo governo federal, fará a definição destas vagas por área de conhecimento e por localidade.

Nesta terça, o governo federal anunciou a abertura de concursos públicos para órgãos federais, incluindo o instituto, e a contratação de candidatos aprovados em disputas já realizadas. O IBGE é o órgão que lidera a lista em quantidade de postos abertos (895).

O pacote abrange 3.026 vagas. Desse total, 2.480 vagas virão de novos concursos, e 546 serão nomeações de seleções já realizadas.

Em outro comunicado após o anúncio desta terça, o instituto disse que, assim que a publicação da autorização das vagas for efetivada pelo governo, com a distribuição dos cargos, fará a definição dessas vagas por área de conhecimento e por localidade.

“O Comitê de Concurso Público do IBGE, já implantado, teve ontem (17) sua primeira reunião. Este comitê é responsável por propor áreas de conhecimento, conteúdos programáticos, pontuação em titulação, entre outros. Cabe ao Conselho Diretor do IBGE a decisão final sobre os temas”, afirmou o instituto.

Após essas etapas, o IBGE disse que contratará a empresa organizadora do concurso, por meio de licitação, para, então, fechar a versão final do edital e do cronograma.

Como a Folha de S.Paulo mostrou em fevereiro, o instituto vem sendo desafiado pela perda de servidores fixos nos últimos anos.

Em dezembro de 2022, o IBGE tinha 4.009 funcionários efetivos, número 42,5% menor do que o registrado em igual mês de 2010 (6.971), segundo dados da Assibge, que representa os trabalhadores do órgão de pesquisas.

Nos últimos meses, o instituto enfrentou uma série de atrasos para finalizar o Censo Demográfico 2022, cujos dados finais só começaram a ser divulgados em junho de 2023.

Na visão de quem acompanha o assunto, a perda de servidores foi um dos fatores que dificultaram o andamento da contagem populacional.

Fonte: Folhpress/Leonardo Vieceli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *