Idoso morre em motel e acompanhante foge alegando ser casada

No último domingo (30), um idoso de 63 anos que não teve a identidade revelada, acabou morrendo no quarto de um motel, localizado na cidade de Jataí, no sudeste de Goiás. Uma testemunha do local que prestou depoimento às autoridades, afirmou que o idoso estava acompanhado de uma mulher mais jovem.

As autoridades também investigam a acompanhante da vítima, que fugiu do local após a morte do idoso. De acordo com informações do boletim prestado na delegacia de Jataí, a causa da morte teria sido um infarto, pois segundo um parente do idoso, o mesmo afirma que a vítima sofria com alguns problemas cardíacos.

Continua após a publicidade..

Nesta quinta-feira (3), o delegado responsável pelo caso, Marcos Guerini, em um depoimento ao G1, informou que um inquérito policial do ocorrido foi instaurado e que agora aguardam os laudos da perícia realizada para poderem avançar nos próximos passos da investigação.

A mesma testemunha do local, que também manteve sua identidade restrita, afirmou aos agentes que recebeu um chamado pelo interfone do quarto. Ao telefone, a mulher que acompanhava o idoso disse que ele estava “passando mal”.  Ao chegar às pressas no quarto, a testemunha afirma que ainda tentou reanimar o idoso, mas o mesmo não reagia.

Com a urgência da situação, a relatora ainda descreveu à polícia que a acompanhante do idoso falou várias vezes que era casada, e que ninguém poderia saber que ela estava lá com outro homem. Após perceber que o idoso não acordava, a mulher teria aberto a porta do quarto, saído correndo com seus pertences e pulado o muro do motel. Ainda não há informações sobre quem é a mulher ou qual a relação que a mesma tinha com o idoso. A polícia segue com a investigação.

meio norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *