Juíza absorve Arimatéia Azevedo de ação movida por deputado federal

A juíza Júnia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, absorveu o jornalista Arimatéia Azevedo de ação movida pelo deputado federal, Jadyel Alencar (PV).

Segundo a denúncia, o jornalista “constrangeu, mediante ameaças”, o parlamentar para obter vantagem econômica indevida.

Continua após a publicidade..

Arimatéia Azevedo negou a denúncia de extorsão. No processo, o jornalista disse que teve apenas um encontro com Jadyel Alencar para realizar um contrato de pesquisa.

No processo, a juíza inocentou Arimateia Azevedo por falta de provas.

“Evidencia-se a inexistência de provas obtidas em juízo, de modo a não se mostrarem capazes de embasar a condenação do acusado”, diz a magistrada.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *