Lula diz que Brasil e Bolívia iniciam nova era; com foco na rota do Pacífico

Nesta terça-feira (09/07), durante encontro com o presidente boliviano Luis Arce, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou que Brasil e Bolívia estão iniciando uma nova era nas relações bilaterais, com um foco na integração sul-americana como questão de sobrevivência, e não apenas retórica. Lula enfatizou a importância do acesso ao Oceano Pacífico como estratégico para a abertura de novos mercados e a inserção do continente nos novos fluxos de comércio, principalmente sob a influência da China.

Lula lembrou que a Bolívia perdeu o acesso direto ao Pacífico após a Guerra do Pacífico com o Chile no final do século 19, mas ressaltou que a integração abrirá também as portas do Atlântico para a Bolívia. “É preciso dar uma chance no século 21 para que o Brasil, a Bolívia e outros países da América do Sul deixem de ser tratados como países em vias de desenvolvimento ou do Terceiro Mundo”, afirmou.

Continua após a publicidade..

O presidente brasileiro destacou a importância das fontes renováveis de energia e da capacidade de produção de alimentos como diferenciais dos dois países. “Nós temos riquezas que hoje o mundo necessita. Nós temos que oferecer ao mundo alguma coisa que eles não têm,” disse Lula. Ele também mencionou o projeto Rotas da Integração Sul-Americana, que visa conectar todos os países do continente com os oceanos Atlântico e Pacífico, e destacou o fortalecimento do Mercosul como fundamental para a prosperidade comum.

FOTO: REPRODUÇÃO/AGÊNCIA GOV (FOTO: RICARDO STUCKERT / PR)
.

Durante seu discurso, Lula enfatizou a história comum de resistências a golpes e ditaduras que Brasil e Bolívia compartilham, reforçando a importância de defender a democracia contra tentativas de retrocesso. “Temos a enorme responsabilidade de defender a democracia contra as tentativas de retrocesso. Em todo o mundo, a desunião das forças democráticas só tem servido à extrema direita,” afirmou.

Lula também citou a recente adesão da Bolívia ao Mercosul como membro pleno e expressou a esperança de que a Venezuela também retorne em breve ao bloco, destacando a importância da estabilidade política para toda a América do Sul.

Além disso, Lula discutiu a necessidade de cooperação em diversas áreas, como a navegabilidade no canal Tamengo e no rio Paraguai, a ampliação dos investimentos em gás natural e fertilizantes, e a parceria na área de biocombustíveis. Ele também mencionou a intenção de integrar a Bolívia ao G20 e ao grupo BRICS, reforçando a cooperação regional.

Lula concluiu destacando a importância da relação bilateral e o potencial de crescimento e aproximação entre Brasil e Bolívia. “Estou certo de que nosso diálogo e amizade crescerão e nos aproximarão cada vez mais,” finalizou.

Fonte: Reprodução/Agência Gov

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *