Mais de 500 mulheres foram vítimas de violência sexual no Piauí no 1º semestre

Um levantamento revela que, pelo menos, 519 mulheres foram vítimas de violência sexual no Piauí no primeiro semestre deste ano. Os dados são referentes aos atendimentos feitos pelo serviço de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Sexual (SAMVVIS), na capital e no interior do estado.

Durante todo o ano de 2022, as unidades do SAMVIS no estado realizaram 849 atendimentos.

Continua após a publicidade..

“Seguindo essa tendência, vamos chegar ao final do ano com um aumento significativo do número de casos”, alerta a coordenadora de atenção à saúde da mulher da Sesapi, Alzenir Moura Fé.

No Agosto Lilás, mês de conscientização e de enfrentamento às diversas formas de violência contra a mulher, a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) reforça a importância da assistência prestada nas oito unidades do Serviço de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Sexual (SAMVIS) em funcionamento no estado.

Além da Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, o SAMVIS também funciona nos hospitais do estado em Parnaíba, Picos, Floriano, Bom Jesus, São Raimundo Nonato, Campo Maior e Corrente.

 O serviço funciona 24 horas para o atendimento integral às mulheres vítimas de violência sexual em qualquer idade.

“Fazemos profilaxia das doenças sexualmente transmissíveis e a contracepção de emergência, para a prevenção da gravidez resultante do estupro. Também é feito o serviço de corpo de delito e coleta de material, com vistas à punição do agressor”, explica a ]coordenadora.

Além desse atendimento, realizado em até 72 horas após a ocorrência, o SAMVIS também possui outros serviços às vítimas de violência sexual. “Oferecemos atendimento biopsicossocial, pelo que for tempo necessário, com o objetivo de reduzir sequelas da violência que muitas vezes são irreversíveis”, ressalta Moura Fé.

O SAMVIS foi criado em 2004 e conta com um Termo de Cooperação Técnica entre Sesapi, a Secretaria Estadual da Assistência Social (Sasc-PI) e a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI). Durante esse período, foram realizados 10.552 atendimentos a vítimas de violência sexual em todo o estado.

Natanael Souza (Com informações da Sesapi)
redacao@cidadeverde.com 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *