Novo Hospital de Picos vai atender mais de 600 mil pessoas

O governador Rafael Fonteles inaugurou, nesta sexta-feira (28), um dos maiores complexos de saúde do estado: o Novo Hospital Regional de Picos, que será referência no atendimento a mais de 600 mil pessoas que moram na macrorregião de Picos, que conta com mais de 40 municípios.  O valor total da obra é de R$ 54.872.421,62, tendo sido executada pela Secretaria da Saúde (Sesapi).

A estrutura substituirá o Hospital Estadual Justino Luz, que já está em fase de transição para se tornar um complexo materno-infantil, voltado para gestantes, bebês e crianças.

Continua após a publicidade..

Foto: Ccom

O Novo Hospital Regional de Picos, que inicia o funcionamento gradativo em julho, e integral até outubro, é um dos maiores complexos de saúde do Piauí. A estrutura hospitalar possui três pavimentos e contará com 206 leitos de internação (60 no térreo, 73 no 1º andar e 73 no 2º andar), além de 20 leitos de UTI adulto, hemodinâmica, ambientes de apoio técnico, radiologia com ressonância magnética e tomografia, administração e auditório com 135 lugares.

Foto: Ccom

“É a maior obra de saúde pública da história de Picos e o maior hospital do interior do Piauí. A região conta, agora, com uma estrutura hospitalar que não perde em nada para Teresina. A partir da próxima semana, os primeiros pacientes começam a ser transferidos do Hospital Justino Luz para cá. Gradativamente, mais leitos serão abertos e mais serviços serão ofertados, até chegarmos ao funcionamento integral”, afirmou o governador.

O governador relembrou que Picos conta, agora, com quatro estruturas hospitalares do Governo do Estado. O Novo Hospital Regional de Picos se junta à UPA do município, à Policlínica com Central de Diagnósticos e ao Hospital Justino Luz, que irá se tornar um complexo materno-infantil. “Picos já era um grande polo de saúde, que, agora, ficou ainda mais forte. Temos mais leitos e unidades hospitalares, variados serviços, cirurgias de média e alta complexidade, tratamento do câncer, além de mais profissionais para atender à população”, frisou Rafael Fonteles.

O gestor explicou, ainda, que o Governo do Estado, com o auxílio da imprensa, irá informar à população sobre o novo fluxo da saúde pública de Picos. “Aos poucos, a população vai entender para onde se dirigir em cada caso. Se é urgência e emergência, vai à UPA. Se é internação e cirurgia, é no Novo Hospital Regional de Picos. Se for gestante, bebê ou criança, vai ao Hospital Justino Luz. Em caso de apenas consulta e exame, vai para a Policlínica. Em breve, todos estarão totalmente adaptados”, disse o governador.

“Entregamos à população desta macrorregião um hospital de referência em alta complexidade, com o que há de mais inovador em serviços de saúde. Essa é mais uma conquista para o incremento da saúde no Piauí, com serviços totalmente fornecidos pelo Sistema Único de Saúde”, destacou o secretário da Saúde, Antônio Luiz.

Ascom/cidade verde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *