Pia Sundhage é criticada nas redes após eliminação do Brasil na Copa

Para cada eliminação em Copas, o público costuma escolher um vilão. Desta vez, após o empate em 0 a 0 com a Jamaica, o alvo escolhido é a técnica da seleção brasileira, Pia Sundhage.

Ainda durante o jogo, a sueca de 63 anos era criticada nas redes, com mais de 6.000 tuítes citando seu nome.

Continua após a publicidade..

Entre os apontamentos, estavam a insistência em manter a meio-campista Luana, a substituição de Ary Borges no início do segundo tempo e o fato de Pia não ter convocado a atacante veterana Cristiane, de 38 anos.

A principal causa para a eliminação precoce na Copa do Mundo feminina seria, no entanto, falta de personalidade no estilo de jogo da seleção, com uma postura passiva, que seria de responsabilidade de Pia.

Expressões como “Parabéns, Pia”, “Essa Pia”, “Vexame” e “Fora Pia” figuraram entre os Trending Topics do Twitter (X) após a partida.

Apesar de a comandante concentrar a maioria das críticas, algumas jogadoras também sofrem questionamentos nas redes. É o caso de Luana, Debinha, Bárbara e Andressa. Entre as poupadas, estão Tamires e Marta -o discurso da camisa 10 da seleção após a desclassificação foi elogiado e causou comoção.

Ela defendeu o futebol feminino, apontou o crescimento do esporte, e pediu apoio às jogadoras que permanecem na seleção.

“A Marta acaba por aqui, não tem mais Copa para a Marta. Continuem apoiando, porque, pra elas, é só começo. Pra mim, é o fim da linha”, disse a maior artilheira de Copas.

FOLHAPRESS SÃO PAULO, SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *