Prefeito lança nesta quinta-feira (3) o edital do primeiro concurso público do IPMT

O Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Teresina (IPMT) realiza, nesta quinta-feira (03/08), o lançamento do edital do primeiro concurso da história do Instituto. O evento acontece às 11h, no Salão Nobre do Palácio da Cidade. O certame está previsto para acontecer ainda em 2023 e a banca organizadora será a Fundação Carlos Chagas (FCC). Além das 13 vagas para preenchimento imediato, haverá a formação de cadastro de reserva.

Os cargos de analista previdenciário contemplarão profissionais das seguintes áreas: Administração, Direito, Tecnologia da Informação, Psicologia, Serviço Social, Contabilidade, Economia, Arquivologia e Ciências Atuariais.

Continua após a publicidade..

Na ocasião, a diretoria do IPMT apresentará também a proposta de criação de um Fundo Nacional de Recuperação dos RPPS (FNRRPPS), com o intuito de arrecadar dois bilhões de reais por ano para auxiliar os regimes próprios de previdência. A criação desse fundo vai proporcionar uma melhoria de gestão com foco na transparência, governança e controle interno, assim como a diminuição do déficit atuarial. Os recursos serão oriundos da medida provisória das apostas online.

O Governo Federal editou medida provisória sobre as apostas online em que parte dos recursos arrecadados são direcionados aos RGPS, deixando de fora todos os RPPS do Brasil.

Em volume de recursos, os estados, o Distrito Federal e as capitais concentram a maior parte do déficit financeiro existente nos RPPS, destinando boa parte do seu orçamento público para o pagamento de aposentadorias e pensões de servidores públicos, em detrimento de investimentos.

Segundo o presidente do IPMT, Kennedy Glauber, o concurso é um marco na história do instituto, uma autarquia com mais de 30 anos de criação. “Temos certeza que a seleção e nomeação dos primeiros servidores do quadro contribuirá de forma ímpar para o fortalecimento dessa instituição tão importante para a sustentabilidade da previdência e saúde financeira de Teresina. Quem ganha com tudo isso, com certeza, são os servidores públicos do município e o povo de Teresina. Na ocasião, também estamos apresentando para o Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, um projeto para ser pleiteado na União, que visa viabilizar uma recuperação financeira aos Regimes de Previdência Própria para todo o Brasil. Entendemos que é um momento oportuno para avançarmos com alternativas para a sustentabilidade financeira dos RPPS, que também é uma pauta social”, afirmou Kennedy Glauber.

Fonte: PMT/ Parlamento Piauí

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *