Presidente Lula lançará Plano Brasil Sem Fome em Teresina com acompanhamento de ministros

No próximo dia 31 de agosto, o presidente Lula (PT) será acompanhado por no mínimo 25 ministros em sua agenda em Teresina. Nesse dia, está programado o lançamento do Plano Brasil Sem Fome. A decisão de realizar o lançamento nesse estado partiu diretamente do chefe do Executivo, ressaltando também a permanência de Wellington Dias (PT) como líder do Ministério do Desenvolvimento Social, pois ele será o coordenador dessa iniciativa.

Nesta terça-feira (22/08), o secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento Social, Osmar Júnior (PCdoB), encontra-se em Teresina para coordenar os detalhes da agenda de Lula juntamente com a equipe do governador Rafael Fonteles (PT) no Palácio de Karnak. Além do lançamento do programa, Lula terá mais duas atividades agendadas: uma visita a projetos federais em andamento e uma reunião com empresários e prefeitos para discutir o novo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

Continua após a publicidade..

SOBRE O PLANO BRASIL SEM FOME

O Plano Brasil Sem Fome é uma iniciativa que visa à mobilização e colaboração entre o Governo Federal, Estados, Municípios, Poderes Legislativo, Judiciário e a sociedade civil com o propósito de erradicar a fome no país, retirando o Brasil do Mapa da Fome da ONU.

Seus principais objetivos incluem a garantia de renda adequada para famílias que enfrentam insegurança alimentar, por meio do recém-criado Bolsa Família, promoção da inclusão produtiva e oferta de capacitação profissional. Além disso, o plano busca fortalecer a agricultura familiar, ampliar o acesso a alimentos saudáveis e sustentáveis, além de melhorar a qualidade da alimentação em instituições educacionais e serviços sociais. Tudo isso será realizado por meio da colaboração de todos os segmentos da sociedade, estabelecendo um esforço conjunto e eficaz na luta contra a fome, promovendo a transparência e a participação pública.
180

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *