Professor do Piauí aparece em ranking de melhores cientistas do mundo

O professor doutor Laércio Cavalcante, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), está listado como um dos melhores pesquisadores do mundo, de acordo com o ranking elaborado pelo portal acadêmico Research.com.

Segundo o ranking, na área de química, Laércio Cavalcante, está entre 117 pesquisadores brasileiros. Ele estuda, principalmente, química de materiais e fotoluminescência, além de realizar trabalhos com os diferentes Tungstatos e molibdatos, investigando suas propriedades multieletrônicas (catálise, bactericida, sensor e capacitância). Tudo isso contribuiu para que o professor chegasse a 7.338 citações em trabalhos científicos.

Continua após a publicidade..

Para definir os melhores cientistas em diversas áreas do conhecimento, a plataforma considera o número de artigos publicados e a quantidade de citações dentro de uma disciplina. As informações foram coletadas em dezembro de 2022 e divulgadas agora em julho.

Laércio celebrou o feito ressaltando a importância de suas pesquisas para a Ciência e suas contribuições à sociedade. “Esse resultado mostra que a universidade não é apenas ensino e extensão, ela ressalta um dos seus pilares também importante: a pesquisa. É um reconhecimento do meu trabalho como pesquisador e um reflexo de que as pesquisas estão avançando e os trabalhos estão sendo citados como referência”, destaca o professor.

No mesmo ranking, a Uespi ficou na 50º posição dentre as 65 Universidades selecionadas para estar nesta lista. O processo de classificação envolveu um exame detalhado dos perfis de 166.880 pesquisadores do Google Scholar e do Microsoft Academic Graph. Mais de 132.836 perfis foram examinados, bem como cientistas de mais de 2.814 instituições e afiliações foram analisados.

Com o reconhecimento, o professor projeta um futuro ainda mais promissor para a Ciência e para a Uespi como instituição de referência. “Vamos continuar nos dedicando à produção de trabalhos científicos. A Ciência sempre precisa evoluir para poder acompanhar e combater problemas críticos que assolam a humanidade. Nesse sentido, sempre tento publicar os trabalhos da forma mais didática possível, com figuras mais elaboradas e intuitivas para facilitar a compreensão e também citar praticamente toda a literatura do material em análise”, comenta o professor.

O professor Laércio também dedica-se à formação de novos cientistas. Sua atuação como professor na Uespi tem sido marcada pelo incentivo ao pensamento crítico e pela promoção da pesquisa científica entre os estudantes.

“Sempre converso pessoalmente com meus alunos e falo para eles utilizarem o tempo que tem para ler o máximo possível os novos artigos, matérias científicas, participarem de rodas de conversa e tirar dúvidas com os alunos mais experientes do grupo-Geratec e Cetem (laboratórios de Pesquisa de Química)”, finaliza o professor.

Paula Sampaio (com informações do Governo do Estado)
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *