Seca no Piauí é tema de reunião do Exército e Defesa Civil

A secretária da Defesa Civil do Piauí, Norma Sueli, e diretores da Secretaria de Estado da Defesa Civil (Sedec), visitaram, nessa terça-feira (22), o 25° Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro, em Teresina, onde foram recebidos pelo tenente-coronel Tarabossi, comandante do 25° BC. Na ocasião, tiveram a oportunidade de conhecer a operacionalização das ações de apoio e distribuição de água potável aos municípios atingidos por estiagem ou seca no semiárido piauiense, executadas pelo Exército Brasileiro.

Segundo a secretária da Defesa Civil, a aproximação só vem a somar com as ações da Defesa Civil do Piauí. “Com os impactos da seca que vemos diariamente, sentimos a necessidade de unirmos esforços em prol do enfrentamento aos desafios climáticos. Estamos muito honrados e satisfeitos com a visita e essa parceria que está sendo fortalecida”, conta Norma Sueli.

Continua após a publicidade..

Foi discutida, ainda, a atuação conjunta dos órgãos na elaboração de políticas de prevenção para o período de seca e estiagem. Segundo o diretor de Prevenção e Mitigação da Sedec, Werton Costa, isso é fundamental, visto ao avanço da estiagem que assola o Piauí. “Essa visita de aproximação é crucial, especialmente se tratando de temas que são de grande relevância, como o avanço da estiagem no estado e as políticas de prevenção. Mas, mais do que isso, buscamos fortalecer laços, afinal, sabemos que o sistema nacional de proteção e defesa civil é formado e congrega vários entes da sociedade, setores privados e setores públicos. Assim, a participação do Exército Brasileiro é fundamental nessas iniciativas”, ressalta o gestor.

De acordo com o tenente-coronel Tarabossi, o 25° BC está à disposição para cooperar e contribuir para as ações da Defesa Civil. “Consideramos essa integração muito importante e nosso trabalho é justamente prestar apoio à sociedade piauiense sempre que precisar, seja na seca ou enchente”, diz o militar.

Ccom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *