Teresina lidera criação de novos empregos entre as capitais do Nordeste e supera a média nacional

No mês de junho, Teresina apresentou crescimento positivo no saldo de empregos formais no Piauí, registrando a abertura de 1.292 vagas de emprego com carteira assinada, cerca de 78% do total gerado no estado para o período.

No acumulado de janeiro a junho, houve o saldo positivo de 4.591 postos criados, desempenho significativo, com alta de 2,35 %, em relação ao estoque de emprego de 2022, foram 41.488 admissões, ante 36.897 demissões. A variação mensal da capital foi de (0,65 %) de junho em relação a maio, superior, portanto, ao resultado médio do Brasil é de (0,36%) e do Nordeste (0,48%).

Continua após a publicidade..
Trabalho de carteira assinada (Foto: Reprodução)

Os índices são com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego divulgado no final do mês de julho. O município teve desempenho positivo nos cinco grupos de atividades econômicas avaliadas. O mercado formal apresentou os seguintes números: os setores de Serviços com (+798), seguidos da Construção (+264), Agropecuária (+17) e Comércio (+128).

O saldo positivo em junho foi influenciado principalmente pelo setor de serviços (que abriu 798 vagas), que tem refletido o bom desempenho da economia, impulsionada pela melhoria dos indicadores, onde a economia local tem se mostrado resiliente, e das políticas municipais focadas na atração de investimentos e melhorias na infraestrutura local que fomentam o ambiente de negócios.

“Os dados do Caged mostram que Teresina lidera a geração de empregos no nordeste, além do crescimento acima da média Brasil. Dentro do setor de serviços, o segmento de mais destaque é o setor de tecnologia, seguido de alojamento e alimentação, referente a hotelaria e restaurantes. E isso é resultado de uma política pública eficiente da Prefeitura de Teresina, administrada pelo Dr. Pessoa, que apoia a geração de empregos na cidade”, pontuou o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Iran Felinto.

Oito meia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *