Como surgiu Teresina? Pesquisadora conta histórias da fundação da primeira capital planejada do Brasil

Neste dia 16 de agosto, Teresina celebra 171 anos de história e o OitoMeia relembra marcos importantes na história do surgimento da capital do Piauí.

Em entrevista, a historiadora, especialista e pesquisadora do patrimônio cultural de Teresina, Viviane Pedrazani, compartilha alguns detalhes sobre o processo de criação de Teresina, desde a ideia de se construir a capital neste local, as dificuldades que foram superadas e o processo de planejamento realizado.

Continua após a publicidade..

OEIRAS DEIXA DE SER A CAPITAL DO PIAUÍ

A instituída primeira capital do Piauí foi a cidade de Oeiras, localizada ao Sul do estado. A transferência para Teresina se deu por diversas insatisfações à época, mas o principal motivo foi o Rio Parnaíba. No plano estratégico montado por Conselheiro Saraiva, que na época desempenhava o papel de presidente da província, ele visualizava o Rio Parnaíba como um bom apoio para as atividades mercadológicas.

“O Rio Parnaíba era uma espécie de avenida que gerava fluidez na economia e o Conselheiro Saraiva vai de uma maneira visionária promover o planejamento de um a nova capital, o Rio Parnaíba entra em cena porque era um dos pontos importantes a serem observados na escolha de um novo lugar para a nova capital”, explica Viviane Pedrazani.

Travessia de barco no rio Parnaíba (Foto: Ricardo Morais/ OitoMeia)

A PRIMEIRA CAPITAL PLANEJADA DO BRASIL

Com a mudança de capital para um nova cidade, Teresina se tornou então a primeira capital planejada no Brasil. Os responsáveis por esse planejamento foi o próprio Conselheiro Saraiva juntamente com o mestre João Isidoro França.

“Mestre Isidoro França era um importante mestre de obras e Saraiva o chama para juntos fazerem esse planejamento para essa nova capital. Eram pessoas bastante visionárias para uma época em que não se discutiam arquitetura. Eles tiveram uma visão de que a nova capital fosse organizada dentro de um projeto que foi titulado tabuleiro de xadrez: ruas intercruzadas formando esse olhar de um tabuleiro de xadrez” conta a historiadora. 

Miniatura do Plano de Teresina. (Foto: Reprodução)

A ESCOLHA DO NOME

Para os teresinenses já não é novidade a origem do nome da nossa cidade. O nome Teresina foi escolhido em homenagem à imperatriz Teresa Cristina, esposa de Dom Pedro I. A decisão teve um motivo político e de gratidão, após o imperador ajudar financeiramente nas obras que estavam sendo realizadas em Teresina.

“Houve muitas dificuldades financeiras para construir a nova capital, tanto que o mestre Isidório França teve de tirar dinheiro do próprio bolso para prosseguir na construção da Igreja Nossa Senhora do Amparo, primeiro prédio da capital, por exemplo. Diante das dificuldades, Dom Pedro doou um conto de réis para ajudar na construção da igreja, o que era muito dinheiro na época, e como forma de homenagear o imperador pelo seu ato, eles pegam o nome da sua mulher, Teresa Cristina, fazem uma junção desse nome e aí nasce o nome Teresina”, relata Viviane. 

oito meia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *