“Criem juízo”, adverte Wellington Dias sobre disputa por pré-candidatura do PT

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS), Wellington Dias, se pronunciou sobre a disputa interna no Partido dos Trabalhadores (PT) para as eleições municipais em Teresina do próximo ano. Em entrevista ao Jornal do Piauí, desta sexta-feira (25), ele aconselhou petistas e disse que “não precisa chute na canela” em uma busca por consenso na escolha do candidato que vai disputar o cargo de prefeito da Capital.

“É um conselho que a mãe dá para o filho ou pra filha quando estão brigando: criem juízo! harmonia paz, entendimento. A política é feita do diálogo, do entendimento. Isso é fundamental”, disse o petista.

Continua após a publicidade..

O prazo para a escolha do petista que vai disputar as eleições em Teresina encerra na próxima semana e Wellington Dias defende que não seja prorrogado.

Foto: Roberta Aline/ MDS

“É preciso virar essa página.  Não convém que você dê tempo para mais divergências. Se é tempo para um entendimento, ótimo. Agora, tempo para mais divergência na política, não é recomendado. O PT sempre teve debates intensos. É partido vivo, que exercita o lado democrátco. Por isso mesmo, quando mais cedo tiver um entendimento é melhor”, disse o petista que reforça a disposição em colaborar para a definição.

Em Teresina, Franzé Silva e Fábio Novo estão da disputa para quem será o candidato que vai disputar as eleições pelo PT em Teresina. Sem citar preferências dentro do partido  Wellington Dias defende um palanque único e diz que acredita que, ao final, “o time sairá unido”.

“Define quem é o nome que tem para o Partido dos Trabalhadores e abre-se o diálogo para os demais partidos. Ainda vai ter que sentar à mesa com os que estão se apresentando de outros partidos como MDB, PSD, PSB, Solidariedade, enfim, todos os partidos que compõem a base, eles têm liderança. Temos muitas lideranças de boa qualidade e bom preparo […] estou confiante que compreendem a importância de uma solução por entendimento”, disse Dias.

Foto: Roberta Aline/ MDS

REFORMA MINISTERIAL

Em entrevista à TV Cidade Verde, Wellington Dias destacou a expectativa para a vinda do presidente Lula ao Piauí, no próximo dia 31, para o lançamento do programa federal Brasil Sem Fome.

O piauiense também abordou a reforma ministerial e a classificou como um “xadrez mais complexo” e não apenas uma mudança de nomes dentro do Governo.

Graciane Araújo
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *