Com gol de Veiga e Weverton, Palmeiras bate Fortaleza e encerra jejum no Brasileirão

O Palmeiras, enfim, encerrou o jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, no Allianz Parque, o time do técnico Abel Ferreira derrotou o Fortaleza por 3 a 1 com o goleiro Weverton decisivo e gol de Raphael Veiga para resolver um jogo que estava complicado.

Continua após a publicidade..

Foto – Cesar Greco – Palmeiras

Richard Ríos e Breno Lopes marcaram os outros tentos palmeirenses.

A equipe alviverde pôde comemorar um triunfo depois de cinco rodadas – derrotas para Bahia e Botafogo e empates com Athletico-PR, Flamengo e Inter.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 28 pontos, ganha posições na tabela de classificação, mas continua distante do líder Botafogo, que soma 39 e enfrenta o Santos, neste domingo.

Demorou apenas oito minutos para Richard Ríos comprovar o acerto de Abel Ferreira em escalá-lo como titular e preterir Gabriel Menino. O colombiano aproveitou rebote após o corte parcial da defesa do Fortaleza para finalizar de pé direito e transformar em vantagem o bom início do Palmeiras na partida.

A importância de Richard Ríos ia além do fato de ter aberto o placar. O volante tinha um pouco mais de liberdade do que Zé Rafael para atacar e era o responsável por auxiliar Raphael Veiga na armação.

A equipe de Abel Ferreira jogava bem. A partida estava afeição do Palmeiras, mas, como tem ocorrido nesta temporada, o time alviverde foi diminuindo o ritmo.

O Fortaleza cresceu no jogo ao mesmo tempo em que Rafael Rodrigo Klein adquiriu protagonismo. Bastante inseguro, o árbitro demorava para tomar decisões simples, como um gol anulado de Lucero em que ele poderia ter marcado toque de mão do atacante bem antes da finalização.

Não à toa, o gaúcho necessitou da ajuda do VAR para assinalar pênalti cometido por Marcos Rocha. O árbitro havia marcado toque no cotovelo do palmeirense fora da área e foi corrigido por Igor Benevenuto no vídeo. Lucero cobrou com perfeição.

O atacante argentino ainda teve chance de virar antes do intervalo, mas, desta vez, parou no goleiro Weverton.

Abel Ferreira fez uma leitura correta em relação ao crescimento do Fortaleza e voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Mayke entrou no lugar de Marcos Rocha e se tornou uma ótima opção ofensiva.

Gabriel Menino preencheu mais o meio de campo na vaga de Jhon Jhon, que não foi bem na tarefa de substituir Dudu

O Palmeiras tinha o domínio da bola, mas não conseguia transformar o volume em oportunidades claras. O Fortaleza, mesmo apenas espreitando no contra-ataque, era mais perigoso.

Neste cenário, dois jogadores definiram o triunfo palmeirense: Weverton com suas defesas e Raphael Veiga, com um chute preciso de pé esquerdo. Breno Lopes ainda fez o terceiro, já nos acréscismos, depois de perder pelo menos três boas chances.

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *