Ministro Wellington Dias libera R$ 90 milhões para combate à fome no Piauí

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) anunciou a liberação de aproximadamente R$ 90 milhões em recursos para os municípios do Piauí. O ministro Wellington Dias confirmou a informação em entrevista ao Jornal Cidade Verde. Parte desses recursos, cerca de R$ 3 milhões, já foi entregue a oito municípios da região de São Raimundo Nonato no último final de semana. O repasse inclui recursos provenientes da gestão anterior e emendas parlamentares, visando fortalecer a assistência social e combater a fome no estado.

Entre os primeiros municípios beneficiados estão Jurema, Caracol, São Raimundo Nonato, São Lourenço do Piauí, Várzea Branca, Fartura do Piauí, São Braz do Piauí e Anísio de Abreu. Os recursos serão direcionados para reestruturar os Centros de Referência de Assistência Social, que enfrentaram dificuldades durante a gestão anterior. O ministro Dias destacou que a liberação seguirá um cronograma acordado com os ministérios da Fazenda e do Planejamento para resolver questões burocráticas relacionadas a projetos e documentações.

Continua após a publicidade..

Wellington Dias ressaltou que os recursos liberados estão alinhados com o desejo do presidente Lula de tirar o Brasil do mapa da fome. O Programa Bolsa Família é considerado o principal instrumento para esse fim, possibilitando a transferência de renda para famílias vulneráveis e garantindo acesso a alimentos e três refeições diárias. Além do impacto na garantia alimentar, o ministro enfatizou que o programa também movimenta a economia em pequenas cidades e periferias, contribuindo para melhorias socioeconômicas locais.

A expectativa é que a liberação desses recursos represente um importante avanço no combate à fome no Piauí, fortalecendo a rede de proteção social do estado. Com a abrangência dos recursos para todas as regiões do Piauí, espera-se beneficiar mais municípios e ter um impacto positivo nas vidas de famílias em situação de vulnerabilidade. O investimento nos Centros de Referência de Assistência Social também permitirá que esses locais desempenhem seu papel essencial na prestação de serviços sociais à população necessitada.

180 graus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *